Skip to content

Marketing digital para o agronegócio colher resultados.

Quando se pensa no setor que impulsiona a balança comercial brasileira a primeira palavra que vem à cabeça é tecnologia, mesmo não adotando o marketing digital para o agronegócio como se deveria. Além dessa camada tecnológica, existe outra mais importante que pouco transparece: a camada humana.

O mercado comoditiza as empresas do setor e a sociedade pouco entende o papel do agronegócio. Essa é uma queixa muito comum. O abismo que separa o que se faz e o que se percebe está essencialmente, na forma que o agro se comunica.

Essa ausência na percepção de valor precisa de um bom defensivo: a comunicação. Como todo plantio, precisa de planejamento, de bons especialistas para garantir uma colheita melhor que a do ano anterior, de uma boa gestão e de respeito ao tempo.

 

Como o Marketing Digital para o Agronegócio pode integrar marketing e vendas

Não se planta mais como antigamente, assim como não se comunica mais como antes. Por isso, é preciso entender para quem se vende e a partir disso quebrar barreiras, integrando as ações do dia a dia com estratégias de marketing digital para contar histórias, mostrar no que é realmente bom e como pode resolver o problema do cliente.

Para tudo isso dar certo você provavelmente vai precisar de algumas ferramentas e ações digitais:

  • Um site responsivo, que se adapte a smartphones e tablets;
  • Uma estratégia para que seu site fique entre os primeiros da categoria (SEO);
  • Anúncios no Google e nas redes sociais (Facebook, Instagram e Linkedin) para atingir seu cliente antes que ele espere;
  • Redes sociais pensadas para gerar relacionamentos;
  • Material de apoio de vendas como portfólios, brindes e folders;
  • Sistema eficiente para gestão das vendas (CRM) que aumente a sua conversão de quem chega até a empresa através do marketing digital.

 

Os impactos dessa transformação

Para quem lida com tantos riscos, o marketing digital é como plantar no clima perfeito e vender a safra no momento de alta do mercado. O planejamento e execução permitem uma previsibilidade de retorno sobre o investimento a médio prazo. Possibilita mudança de rotas e acessos a novos mercados sem presença física com um custo significativamente melhor.

O agro é um dos setores que os economistas mais apostam para 2020. Isso significa oportunidade a curto prazo, mas concorrência e aumento da comoditização também podem vir em seguida. Isso quer dizer, que a hora de firmar raízes é agora e o caminho mais rápido e eficiente pode ser o marketing digital pensado para o agronegócio.

 

Esperamos que tenha gostado deste artigo!

Para mais conteúdos sobre marketing digital, comunicação, inbound marketing, continue acompanhando o blog da Carandá Propaganda.

Scroll To Top