Ir para o conteúdo

lgpd

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) entrou em vigor em setembro de 2020 e surgiu com o objetivo de implementar medidas de segurança para empresas públicas e privadas que utilizam informações pessoais de seus usuários e clientes.

Se o seu negócio investe em marketing digital, conhecer e aplicar essas novas regras é fundamental para saber como tratar os dados de seus consumidores e evitar punições legais.

Neste artigo você vai entender de maneira prática do que se trata a Lei Geral de Proteção de Dados e como se adequar à nova legislação. Continue a leitura!

O que é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?

A LGPD é uma lei que regula o tratamento de dados pessoais de clientes e usuários por parte de companhias dos mais diferentes setores.

O objetivo da nova legislação é garantir a proteção dos direitos fundamentais de privacidade e liberdade dos cidadãos brasileiros, no sentido de criar um cenário de segurança jurídica com regulamentos padronizados e práticas de proteção de informações pessoais.

O tratamento desses dados representa a maneira como essas informações serão usadas tanto em ações de marketing quanto qualquer outro tipo de estratégia.

Inclusive, as empresas que não se adequarem à Lei Geral de Proteção de Dados podem ser multadas em 2% do faturamento, limitado a R$ 50 milhões por infração.

Para evitar sanções ou multas, nada melhor do que entender como a sua empresa pode se adequar às novas regras de segurança de dados, especialmente, se você possui um negócio online.

Como se adequar à LGPD

As empresas que investem em marketing digital lidam diretamente com os dados dos seus clientes, e os cuidados com a segurança das informações é ainda mais importante.

Para te ajudar a se adequar às novas regras, selecionamos aqui alguns dos principais aspectos que a sua empresa precisa levar em consideração. Confira!

Permissão de utilização de dados

Você já deve ter visitado uma página que solicitou a permissão do uso de dados, informando uma descrição detalhada de como eles serão tratados.

Esse é um dos principais cuidados que seu negócio precisa ter, seja ele um site ou um e-commerce.

Essa notificação logo na página inicial do site deve conter detalhadamente quais são os objetivos de usar as informações de seus usuários e clientes e como elas serão tratadas.

Formulários de cadastro

Sejam formulários de orçamento, diagnóstico, inscrições em eventos ou newsletter, o cliente deverá ser informado sobre a finalidade da utilização de informações.

Assim, é importante que você mantenha o mesmo cuidado e solicite o consentimento do usuário para usar as informações, além de explicar o objetivo e como elas serão utilizadas.

É importante lembrar que em casos de formulários de indicação, o cliente deverá confirmar que informou ao contato indicado de que seus dados foram compartilhados com a empresa.

Anúncios nas redes sociais

Os anúncios nas redes sociais também são recursos que auxiliam na captação de leads, ou seja, na obtenção de potenciais clientes para as empresas.

Assim como acontece dentro do ambiente do seu site, sua empresa também precisa atuar em consonância com a LGPD.

Lembre-se que é preciso informar ao usuário quais dados pessoais são fornecidos para rede social e quais empresas irão utilizar essas informações.

E-mail marketing

Em estratégias de marketing digital o e-mail marketing é um importante canal de vendas e comunicação com o cliente.

Nesse sentido, sua empresa precisa reunir contatos que realmente tenham sido obtidos de maneira espontânea pelo usuário.

Lembre-se que comprar listas de e-mails vai de encontro aos princípios básicos da Lei de Proteção de Dados, pois nenhum dos contatos confirmou interesse nas suas ações.

Compartilhamento de informações na era da LGPD

É proibida a venda e compartilhamento de informações dos usuários com outras empresas. Assim, caso seja necessário que os dados sejam compartilhados, os usuários deverão ser previamente informados e o seu consentimento enviado.

Agora que você já sabe os cuidados que sua empresa precisa ter ao tratar dados dos seus usuários e clientes, chegou a hora de colocar todas as regras em prática para evitar sanções e multas.

Para saber quais as estratégias necessárias para a sua empresa se adequar à LGPD, solicite um diagnóstico gratuito com a Carandá!

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: