Ir para o conteúdo

Veja o que você não deve fazer na hora de formular as estratégias de marketing no seu agronegócio.

Um setor que está em constante crescimento, necessita de um bom marketing para fortalecer a presença no mercado nacional.

Primeiramente, um dos setores mais importantes para economia brasileira é o agronegócio, que mostrou toda sua potência principalmente no ano de 2020.

Contudo, com a pandemia os empresários tiveram que fazer malabarismo para superar a crise. Apesar disso, o setor agro foi o único que continuou crescendo. Além disso, a tendência é que, para este ano de 2021, o PIB do setor cresça 3% superando o valor de R$903 bilhões.  

Além de consolidar a força do agronegócio, a pandemia também mostrou a necessidade da mudança de comportamentos. Principalmente, em relação à tecnologia e ao posicionamento no mercado.

O crescimento do setor significa uma maior concorrência. Logo, mostrar seus diferenciais através do marketing de forma estratégica, integrando produção, comunicação e vendas, podem gerar bons negócios, que vão além do contato “olho no olho”. 

Entretanto, se a sua estratégia de marketing não for muito bem pensada e estudada não irá trazer os resultados que você deseja.

 

Para isso, selecionamos alguns erros que você deve evitar quando for pensar no plano de marketing no agronegócio.   

 

1. Não definir uma persona 

Antes de tudo, por mais abrangente que seja o seu negócio, é muito importante ter clareza do seu público. Para quem você quer passar a sua informação.

A persona é uma representação semifictícia do cliente ideal da sua empresa. Ou seja, na persona você identifica objetivos, desejos, medos, localização, condição social, entre outras características.

Ao pensar exatamente como é o seu cliente ideal, você realiza uma comunicação mais assertiva e personalizada.

Tornando, portanto, o seu negócio mais atrativo e próximo.

Por exemplo, você pode ter diferentes tipos de clientes ideais, mas o mais importante é identificá-los e criar uma comunicação específica para cada nicho.  

 

2. Não investir em marketing digital  

Como dito anteriormente, uma boa estratégia de marketing deve ser muito bem estudada. Para escolher a melhor opção para conversar com seu público.

Existem várias estratégias, mas de forma resumida podemos dizer que existe: o marketing tradicional, que é mais focado na divulgação em jornais, rádios e televisão e com base em campanhas mais passivas. E o marketing digital, feito pela internet, sites, redes sociais, e-mails marketing, entre outros, e tem como principal característica a atração ativa de clientes.

O aumento do uso de tecnologias e a crescente das redes sociais tornaram o marketing digital essencial para uma comunicação mais estratégica e assertiva.

Da mesma forma que não investir nele pode ser um erro que diminui muito a possibilidade de fechar bons negócios e atrair a sua persona.

 

3. Não ter um site otimizado 

O primeiro passo da estratégia de marketing digital, é a construção de um site para sua empresa. E para que ele esteja entre as primeiras opções de busca, é importante se atentar a alguns pontos: 

  • Ser responsivo para mobile  

  • Ser intuitivo para o usuário  

  • Ter um conteúdo relevante

  • Ter um design atrativo  

O site precisa apresentar de forma clara o seu negócio e conseguir responder às necessidades de quem está navegando por ele.

Um site com difícil navegação, não passa informações e não ajuda o usuário a responder alguma dúvida, como resultado, ele dificilmente será encontrado com facilidade nas buscas do Google e isso pode dificultar no fechamento de novos negócios.  

 

4. Ausência nas mídias sociais 

As mídias sociais são uma forma rápida e fácil para passar informações.

É uma ótima forma de se relacionar com outras empresas, clientes e outros produtores do agronegócio. Definitivamente, essa é uma excelente oportunidade de expandir sua rede de contatos e conseguir gerar negócios em regiões mais distantes.

Estar presente e atuante nas mídias digitais é muito importante para consolidar sua marca diante do mercado. Mas lembre-se, não basta somente ter os perfis é preciso realizar publicações relevantes, fazer contatos e interagir com os usuários.  

Além das redes sociais tradicionais o agronegócio conta com outras redes voltadas para pessoas e empresas do setor. O YouAgro, por exemplo, é uma ferramenta para compartilhar informações, fazer networking e trocar experiências. 

 

5. Marketing sem avaliar o negócio 

Existem muitas estratégias no marketing, por isso, é muito importante fazer o seu plano de marketing com uma empresa que entenda o setor de atuação, as dores e desejos do seu negócio.

Com isso, o profissional responsável irá conseguir pensar na comunicação mais estratégica para que o plano de marketing traga os resultados que você espera.  

 

6. Não fazer gestão de vendas 

A sua empresa executou as ações de marketing com campanhas atrativas. Alcançou os clientes que tem o perfil de fechar negócio. Mas, esses contatos chegaram sem controle na equipe de vendas. Essa falta de integração entre marketing e vendas pode fazer com que você perca o seu investimento. 

Uma das melhores formas de fazer essa gestão desses potenciais clientes, é através de um CRM. Através dele, você concentra e acompanha as informações detalhadas sobre o cliente que você atraiu. Essa ferramenta tem como principal função, orientar e otimizar os processos comerciais.

Quando pensado junto ao marketing, esse sistema pode oferecer dados valiosos que permitem antecipar a necessidade do cliente. Isso significa, que o setor comercial da sua empresa pode aumentar consideravelmente as chances de vender mais, melhor e principalmente, em menos tempo. 

 

Vantagens de investir em marketing no agronegócio

Estes seis erros podem fazer com que você não alcance o resultado esperado. Contudo, se fizer uma estratégia de marketing estratégica e personalizada para o seu negócio ela poderá trazer inúmeras vantagens.  

Primeiramente, o marketing possibilita várias formas para que seu público lembre da sua empresa ou produto na hora de fechar um negócio, que vão desde uma interação através de anúncios publicitários até a criação de conteúdo.

Além disso, é uma ótima forma de melhorar o relacionamento com seu cliente, de interagir, de se aproximar e cuidar do seu cliente do pré ao pós-venda, isso torna um relacionamento duradouro e de confiança. Fazendo que o seu negócio seja a primeira opção de procura.  

Ter um ótimo relacionamento ajuda no aumento das suas vendas

Por consequência, seus clientes se tornam mais fiéis, haverá indicação e assim aumentar a possibilidade de novos negócios.  

Sua marca se torna referência no mercado, a estratégia de marketing faz com que seu negócio se posicione e comunique melhor, impactando mais clientes e pessoas do seu setor.  

Enfim, trazendo essa estratégia para o marketing digital as vantagens são ainda maiores, você consegue mensurar os resultados, dessa forma o seu plano fica mais assertivo, já que você consegue medir o que deu muito resultado e o que não reverteu conforme o esperado, podendo melhorar para os próximos.  

Outra possibilidade, é você conseguir direcionar a sua campanha diretamente com o seu público-alvo a partir da segmentação. Isso torna a venda muito mais próxima e assertiva, aumentando as chances de concretizar as vendas.

Contudo, se você quiser evitar esses erros e aproveitar o crescimento do mercado digital para antecipar o posicionamento da sua empresa, precisa desde já pensar num plano de ação personalizado.

 

Nós da Carandá somos especialistas em marketing no agronegócio e podemos ajudar seu negócio a ter mais resultados. 

Clique aqui e solicite agora uma proposta personalizada.

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: